Brasil entra para o grupo de elite da Matemática mundial.

O Brasil agora faz parte do seleto grupo de onze países que formam a elite da matemática mundial. A União Matemática Internacional (IMU, na sigla em inglês) aprovou a entrada do País no Grupo 5 – o topo do ranking mundial, formado pelas nações mais desenvolvidas na pesquisa da matéria. São eles: Alemanha, Canadá, China, Estados Unidos, França, Israel, Itália, Japão, Reino Unido e Rússia. Trata-se do primeiro país do Hemisfério Sul a alcançar tal posição, feito notável depois de um período de cortes no orçamento da ciência.

O anúncio foi feito nesta quinta-feira (25/01/18) na sede do IMPA (Instituto de Matemática Pura e Aplicada) no Rio de Janeiro, uma das instituições mais  prestigiosas do mundo.

A União Matemática Internacional (IMU) , organismo que congrega as sociedades de matemática de nações de todo o planeta , divide seus 76 países-membros em cinco grupos por ordem de excelência.

O Brasil entrou para a IMU em 1954 começando pelo Grupo 1; em 1978 subiu para o Grupo 2 ; em 1981 para o Grupo 3  e em 2005 ao Grupo 4. Agora participará da elite da matemática mundial sendo o décimo-primeiro membro deste seleto grupo.

Com a ascensão o Brasil ganha mais peso e influência nas decisões relacionadas com o mundo da matemática e passa a contar com cinco votos na assembléia geral da organização.

Esta entrada foi publicada em Atualidades, Informativo, Tecnologia. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta