Guarda-Marinha feminina da Marinha do México cai no mar e desaparece.

A Secretaria de Marinha do México, encerrou as buscas para encontrar a Guarda-Marinha Eva Lidia ¨N¨ que caiu ao mar quando participava de exercícios náutico a bordo do Navio-Escola “Cuahtemóc” , que navegava próximo a Mumbai,  costa ocidental da Índia. Todos os esforços empreendidos pelas autoridades navais do México e da Índia foram suspensas no dia de hoje , 12 de junho de 2017. Demais guardas-marinhas que participavam das manobras de velas juntos com Eva , disseram que a GM perdeu o equilíbrio e se precipitou ao mar, devido a situação meteorológicas e estado no mar.

Navio-Escola Cauhtemóc

Detalhes do Navio-Escola “Cuahtemóc”: “Por iniciativa do então presidente da república José Lopez Portillo , o veleiro “Cuahtemóc” começou a ser construido em 24 de julho de 1981 nos Estaleiros de Celaya S.A. em Bilbao, Espanha. Seu desenho corresponde ao quarto e último dos grandes veleiros desenhados para serem navios-escola para marinhas da América Latina. Seus irmãos são o “Glória” (1967) da Colombia, o “Guayas” (1976) do Equador e o “Simón Bolivar” (1979) da Venezuela.

 

Fonte da notícia :Eluniversal

 

 

 

Esta entrada foi publicada em Atualidades, Informativo. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta