Previsões alarmantes para 2016 do polêmico profeta nigeriano TB Joshua

O controverso nigeriano Profeta T.B. Joshua divulgou uma lista de previsões desanimadoras para o ano novo, 2016, particularmente direcionada ao continente da África.

T B Joshua

 Conhecido por suas atitudes não convencionais, Joshua quebrou o protocolo em cancelar o “culto anual da virada de ano”, ao invés disso optou em falar aos seguidores ao vivo em sua rede de televisão cristã “Emmanuel TV”, direto de um local não revelado.

“Haverá escassez em larga escala, falta de alimento”, Joshua, quem é o Pastor da “A Sinagoga, Igreja de Todas as Nações” (SCOAN) com base em Lagos, Nigéria, iniciou.TBJoshuaMassPrayerMexico T B Joshua no Estadio Azteca – Mexico

“Como estado, país e continente, nós temos que retornar à produção agrícola para deter, para aliviar a situação por vir” ele enfatizou na “Profecia”, que mais tarde foi publicada na página oficial do ministério no Facebook.

“Eu encorajo aos governos de todas as nações a investir em agricultura e conceder crédito aos cidadãos dignos de contribuir com este esforço”, ele continuou.

Joshua, quem recentemente foi nomeado um dos profetas mais famosos do mundo por um website americano de classificação, falou duramente sobre a África citando a inabilidade do continente em administrar seus vastos recursos como seu maior mal. “O continente da África; quanto nós temos decepcionado a Deus”, ele atentamente observou.

“África deveria ser o celeiro do mundo. Nós deveríamos produzir uma grande quantidade de alimento para o mundo. Esta é à base dos nossos recursos naturais. Alimento deveria ser nossa principal exportação para outros continentes, alimento em troca de tecnologia”, ele continuou.

Movendo para o cenário político, o clérigo convocou aos líderes africanos a “rapidamente deterem a situação política”.

Ele declarou que a frequência de ataques terroristas no continente aumentaria. “Mais países africanos estarão sob o cerco de terroristas por causa dos prós e contras nas escolhas dos líderes. Processos eleitorais mal conduzidos criarão uma atmosfera favorável para terroristas”.

Joshua continuou, dizendo que pessoas desistirão de investir em política por causa dos “recursos limitados e desafios”, adicionando ainda que isto prepararia o caminho para aqueles com intenções genuínas para concorrer na política.

“Quando você é genuinamente chamado para realizar o trabalho, você o fará por causa do seu amor por ele e não por causa de dinheiro”, ele declarou.

“Neste ano, faça aquilo que você ama. Há dinheiro no amor. Dinheiro no amor traz paz e tranquilidade”, ele ainda exortou.

A previsão de Joshua encerrou com uma oração para o presidente nigeriano Muhammadu Buhari. “Ele tem boas intenções, mas as intenções de um rei não podem ser executadas apropriadamente sem o suporte de seus súditos. Ele precisa do seu suporte para nos conduzir para fora do vale”, declarou o clérigo.

“O presidente fará tudo para rejeitar a revalorização da Naira, a qual é uma boa ideia de um bom líder. Mas, haverá uma grande pressão da qual ele não será capaz de resistir. Nigerianos, ajudem e orem pelo seu líder. O futuro está clamando por socorro”, descreveu ele vividamente.

Apesar da natureza alarmante de suas previsões, Joshua denominou 2016 como “O Ano da Recompensa”, declarando que os crentes seriam fortalecidos em meio a suas lutas.

“Comece seu ano de joelhos”, ele aconselhou, adicionando que isto era uma “instrução de Deus” para os crentes começarem e terminarem seus dias com esta oração sincera.

“Aquilo que você estava destinado a se tornar, este é o ano para tornar-se, porque este é o ano da recompensa”, o clérigo declarou ainda de joelhos em um local cercado de árvores e água.

“A voz do choro, dor, retrocesso e doença devem ser silenciadas, no nome de Jesus Cristo”, ele ainda orou.

Um dia antes, na quarta feira, 30 de Dezembro de 2015, Joshua publicou um sermão sobre os perigos da ofensa, no YouTube, um tópico que mais tarde ele abordou em transmissão ao vivo.

“Só porque você foi maltratado, perseguido, vítima de mentira, traído ou falsamente acusado, como um crente, você não tem permissão, ou direito de reter à ofensa”, ele aconselhou.

“Um mal não justifica outro”, ele declarou, convocando as pessoas a “deixarem a ofensa de lado”.

“Quando você retém ofensa em seu coração, você filtra tudo através dela”, disse ele, explicando que mesmo a ofensa sendo inevitável, a resposta das pessoas à ofensa é o que realmente importa.

Joshua conta com alguns líderes africanos entre seus seguidores, incluindo o recém-eleito presidente da Tanzânia John Magufuli, quem foi unanimemente elogiado pelos positivos avanços sociais realizados na Nação Oriental-Africana desde o início de seu mandato.

Seu canal de televisão “Emmanuel TV” foi incluído no pacote da DSTV em Novembro de 2015, trazendo o clérigo nigeriano para uma ainda mais ampla audiência através da África.

De acordo com um anúncio no Facebook, Joshua está preparado para voltar a ministrar na SCOAN depois de um período de sete meses ausente, neste Domingo, quatro de Janeiro de 2016.

 

Artigo Original: http://www.leadership.ng/religion/488487/prophet-tb-joshuas-alarming-2016-predictions

Esta entrada foi publicada em Atualidades, Evangelístico. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta