Rebanhão 35 anos – Show, DVD e Songbook.

O “Rebanhão” grupo de Pop Rock Evangélico está completando 35 anos e para comemorar ele está de volta ao cenário musical evangélico nacional com um super show no Rio de Janeiro. Neste evento estará gravando um DVD com os grandes sucessos do grupo que marcaram a música evangélica no inicio dos anos 80 e revivendo seu estilo inovador que influenciou a muitos outros grupos e cantores da época. O grande concerto de gravação do DVD Rebanhão 35 Anos será no sábado 5 de novembro as 18h, no templo da Assembléia de Deus Vitoria em Cristo no bairro da Penha , Rio, quando também será lançado o Songbook da banda. Vale a pena conferir e participar!

reb-4

Rebanhão – Song Book Rebanhão 2016 – 35 anos.

 

Um breve histórico do Rebanhão:

Rebanhão é uma banda de rock brasileira, com temáticas cristãs, formada na cidade do Rio de Janeiro em 1979. É conhecida por ser a primeira de sucesso a apresentar uma sonoridade completamente característica da música popular da época dentro do nicho cristão, principalmente popularizando o rock.[1] Dentre as sonoridades exploradas pela banda, destacam-se o rock progressivo e o pop rock, com forte influência da tropicália e do Clube da Esquina,[2] além de bandas e cantores evangélicos americanos como Keith Green e Petra.

A banda foi fundada por Janires, no final da década de 1970. No começo dos anos 1980, Janires se mudou para o Rio de Janeiro onde, junto com o tecladista Pedro Braconnot, integraram músicos da Igreja Presbiteriana de Copacabana na formação, entre eles Paulo Marotta (baixo), Kandell Rocha (bateria), Zé Alberto (percussão) e Carlinhos Felix (guitarra). Alberto saiu logo no primeiro álbum, enquanto Janires e Kandell se desligaram em 1985, dando lugar ao músico Fernando Augusto. Durante vários anos, a banda esteve estável em sua estrutura, em fase da formação clássica. Entre 1990 e 1992, Fernando, Carlinhos e Paulo deixaram a banda, e Pedro Braconnot assumiu a liderança com outros músicos convidados até 2000, quando o conjunto entrou em hiato até o ano de 2014.

O primeiro disco do conjunto, Mais Doce que o Mel (1981) foi sucesso imediato, embora tenha causado polêmicas entre líderes religiosos. Sob o comando criativo de Janires, o grupo produziu Luz do Mundo (1983) e Janires e Amigos (1985), considerados clássicos da música cristã no Brasil. Com a saída de Janires, a música do Rebanhão ficou mais pop, com influências do art rock. Nesta fase, Carlinhos Felix, juntamente com o tecladista Pedro Braconnot, assinavam a maioria das composições. Nesta época, o grupo lançou vários sucessos, como “Primeiro Amor“, “Nele Você Pode Confiar“, “Paz do Senhor” e “Palácios“, esta última parte do álbum Princípio (1990), um dos alicerces do movimento gospel.

Durante seus anos de carreira, o Rebanhão realizou vários feitos, nos quais é considerado o primeiro precursor de grande relevância do rock cristão. Também foi o primeiro grupo a se apresentar em grandes casas de shows e ser precursor do chamadomovimento gospel. Juntamente a outros artistas da época, durante vários anos manteve contrato com grandes gravadoras, nas quais estavam fora do círculo religioso.[3] A discografia do Rebanhão é lembrada por vários artistas evangélicos em regravações, incluindo o disco Tributo a Janires (2004), em homenagem ao fundador do grupo.

VALE A PENA CONFERIR E PARTICIPAR DESTE GRANDE EVENTO MUSICAL.

Sábado 05/out/2016 , 18h – ADVEC Penha – Rua Montevidéo 900 – Rio de Janeiro.

 

Esta entrada foi publicada em Atualidades, Música. Adicione o link permanente aos seus favoritos.